quinta-feira, 30 de janeiro de 2014

ESTILO DE VIDA: PEDIR MAIS, SEM CUIDAR DO QUE TEM?

                                                                                         Por Rayza Nicácio

Vem parar para pensar um pouquinho junto comigo?

Não estou aqui para fazer papel de princesa rica e muito muito menos filhinha de papai (ah se vocês soubessem), então, serei muito franca em cada palavra que eu falar.

Não sei quantas vezes já me peguei assistindo televisão (ou sem foco, navegando boiando na internet) como se na pia da cozinha não tivesse uma pilha de louças para lavar - digo televisão porque sentar em sua frente, me faz me sentir verdadeiramente inútil. "Ray! Você não assiste de televisão?". Assisto, mas sinceramente? Acho que, em geral, não estamos preparados para ser bombardeados de informações que são convincentes demais. Um exemplo? Não me conformo que tratem a traição no casamento de uma forma tão banal, tão simples, e gente? Faz parte da sociedade. (ironia, claro), principalmente em novelas e comerciais de cerveja. Mas ó! Não estou aqui para falar disso hoje, se quiser um post, me avise! rs.

Eu estava em um dos meus momentos lava-louças esses dias e mesmo não gostando de fazer isso (alguém gosta?) reconheço que é um momento em que surgem ideias, reflexões e pensamentos repentinos, ao menos para mim: "Porque escolher ficar na cama se o dia já está acontecendo? A vida que você tem, não merece sua atenção, seu zelo?". A cozinha aqui de casa (na verdade, apartamento) é americana então eu vejo a sala enquanto estou lá. Meu sofá estava cheio de roupas recém retiradas do varal o que me fez pensar: Porque eu deixei isso ai? Há quanto tempo?

Essa desculpa de que eu acabei de tirar ou já já eu guardo é furada! Tenta outra.

Como ter ousadia de querer coisas melhores do que as que você tem, se você não zela pelo que tem? Como? Você acha que quanto tiver um celular  melhor não se importará em deixa-lo cair? Ou quando você tiver um quarto maior, irá mante-lo organizado? Quando voltar a fazer atividade física, se alimentará melhor? (A ultima foi de mim para mim, rs.) Se não sabemos cuidar do que é simples, como vamos saber cuidar do que é grandioso?

E como alguém que já viveu no muito (verdadeiramente muito), e no pouco (verdadeiramente pouco) eu aconselho que valorize os detalhes da sua vida, não estou falando apenas de bens materiais. Não feche os olhos para o agir de Deus na sua vida, não seja orgulhoso.

Já faz algum tempo que um domingo marcou a minha vida: era muito cedo, o dia estava lindo, mas eu estava muito irritada e não consegui notar a cor do céu naquele dia. Havia dormido na casa de uma amiga e estava voltando para casa. Meu humor mudou quando eu cheguei ao ponto de ônibus, uma velha senhora sorriu para mim e disse: "você viu como o dia está lindo hoje?". Ela não tinha como saber que eu estava irritada, ela sorriu pra mim! Me emociono ao lembrar, foi o sorriso de Deus naquele dia. Toda a irritação passou, voltei chorando para casa e glorificando a Deus pela vida daquela senhora, pela minha vida, pelo dia e pelo ônibus (inclusive pelo ônibus)!
Não tem um quarto? Glória a Deus pela cama! Dorme com a sua mãe? Glória a Deus pela cama da sua mãe! Não tem a melhor roupa? Glória a Deus que estás vestida.

Eu espero que essa reflexão faça algum sentido para você, mesmo que não seja do tamanho que faz para mim.


"Deem graças em todas as circunstâncias, pois esta é a vontade de Deus para vocês em Cristo Jesus." 1Ts 5.18



Fonte: http://www.rayzanicacio.com/2013/07/estilo-de-vida-pedir-mais-sem-cuidar-do.html

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário